Como a saúde dos colaboradores pode impactar no faturamento da empresa.

Assegurar a integridade física dos colaboradores é uma responsabilidade das empresas, porém o acompanhamento mais de perto do estado mental e físico das equipes é uma tendência recente no RH de corporações, que não só se preocupam de fato com o colaborador, como também enxergam resultados positivos no clima organizacional e nas planilhas de faturamento.

O investimento em benefício de saúde para o colaborador é a segunda
maior fonte de despesas para o RH, ficando atrás somente da folha salarial. Portanto, qualquer movimento que vise a otimização dessas despesas impacta positivamente nos números da empresa.

Segundo uma pesquisa da Associação Brasileira de Recursos Humanos,
estes investimentos consomem entre 12% e 20% da verba. O que mostra também a existência de um grande valor percebido por parte das empresas e a necessidade de investimentos cada vez mais assertivos no assunto

O plano de saúde é o benefício mais utilizado pelas empresas e a importância dele nesse contexto é inegável. Mas sua má utilização gera custos indevidos tanto para as companhias quanto para as operadoras de saúde. Por isso, a promoção de ações de atenção primária à saúde como estratégia para a redução de sinistralidade dos planos (principalmente as indevidas) e manutenção do bem-estar dos colaboradores, tem sido um caminho inteligente para as empresas diminuírem os custos com estas operações e conduzirem as equipes à utilização correta do benefício.

Para exemplificar, é possível fazer uma relação com a dinâmica de utilização de um seguro automotivo e a prática de revisões periódicas no veículo. Sabemos que ambos são importantes, mas cada um tem uma função distinta. E a dos planos de saúde são semelhantes às do seguro do carro, que devem ser utilizados em situações extremas, onde a sinistralidade é inevitável. Já a atenção primária à saúde proporciona bem-estar permanente e funciona como as revisões, que fazem a máquina rodar perfeitamente no dia a dia e, além disso, reduzem as chances de você ter que fazer uso do seguro.

Outro fator que impacta diretamente é a situação psicológica da equipe. Uma pesquisa da Isma-BR apontou que 72% dos trabalhadores brasileiros possuem algum problema ocasionado pelo estresse e 32% desses acabam desenvolvendo a síndrome de Burnout. A grande maioria continua em atividade mesmo com a doença e no geral acabam trabalhando 5 horas a menos por semana.

Com a produtividade comprometida, a relação com o faturamento é evidente. Seja pela redução na capacidade de produção ou pela necessidade de alocar orçamento na ampliação da equipe para cobrir o gargalo ocasionado pelos colaboradores doentes. Estima-se que haja uma perda de 3,5% do Produto Interno Bruto (PIB) ocasionada por despesas com fatores ligados ao estresse no ambiente corporativo.

Esses números reforçam a necessidade de um acompanhamento permanente da situação psicológica dos trabalhadores e a promoção de ações que tenham como objetivo o equilíbrio emocional dos mesmos.

A nossa dica para potencializar as ações de saúde da sua empresa de modo que impacte positivamente no seu faturamento é investir em projetos de saúde integrais, que tenham como resultado a diminuição da utilização dos planos de saúde por parte dos colaboradores e que consigam acompanhar a saúde física e mental deles no dia a dia, não apenas quando ficam doentes.

Aqui na Betteryoo nós trazemos essa abordagem através da tecnologia
e oferecendo para as empresas acompanhamento psicológico, médico, nutricional, além de programas de exercícios físicos planejados
especialmente para a necessidade do seu colaborador.

Nossa ideia é fazer com que eles sintam-se mais saudáveis, produtivos e satisfeitos. Aumentando o faturamento da sua empresa e a possibilidade
de ampliar os investimentos no bem-estar do trabalhador.

Clique aqui para conhecer nossa solução e promover saúde integral e integrada para sua equipe.

Promova Saúde Integral para seus colaboradores, através da tecnologia. .

Promova Saúde Integral para seus colaboradores, através da tecnologia. .